Pesquisar este blog

sábado, 30 de abril de 2011

COMENTÁRIO de QUESTÕES (01)



Quando fiz meu primeiro post,
LENDAS do NOVO ENEM (parte 1) postei dois exemplos com questões que contrariam a "lenda" que para resolver as questões do NOVO ENEM não é preciso trazer de memória fórmulas de Física.

Alguns alunos, após a leitura deste post solicitaram a resolução das questões propostas nele. Aí estão:

A primeira foi uma questão da prova que foi reaplicada. É de um tema bastante recorrente, dimensionamento de dispositivo de segurança (fusível e/ou disjuntor).

È importante entender que o disjuntor é um dispositivo limitador de corrente elétrica. É um dispositivo que desliga o circuito elétrico se for percorrido por uma corrente de intensidade maior que um limite pré-estabelecido (valor nominal do disjuntor).

Veja a resolução:

Embora não tenha sido necessário para a resolução da questão acima, é importante saber que uma importante vantagem dos disjuntores em relação aos fusíveis é que eles (os disjuntores) podem ser reaproveitados enquanto que os fusíveis, não!


A segunda foi uma questão aplicada na prova de 2009, trata sobre movimento em trajetória curvilínea.

Como você vai perceber na resolução da questão, além de exigir um número maior de fórmulas de memória, os cálculos da questão também são bem mais trabalhosos que na questão anterior.

Veja a resolução:


As mudanças de unidade, além das operações matemáticas necessárias para a resolução do item, tornaram a questão longa.

Lidar com o tempo será um dos fatores determinantes para seu sucesso no ENEM. Pense bastante sobre isso.

Conhecer as questões aplicadas fará que você fique familiarizado com o teste que terá de se submeter em breve. Postarei mais questões em breve (do ENEM e autorais no estilo NOVO ENEM). Divulgue nosso blog com seus amigos. Siga-me no twitter @tioivys e vamos juntos buscar sua vaga.

Conte comigo!

4 comentários:

Anônimo disse...

@biomedlp

Lucas Pedrosa Souto Maior disse...

Ola Ivys tudo Bem, me fala uma coisa,qual a relação entre o poder de penetração de um comprimento de onda em um determinado objeto, no caso se esse objeto é um fluido.
E se esse comprimento for na faixa de ultravioleta e luz visível ocorrerá um desvio de acordo a sua concentração ou densidade.

grato : lucas pedrosa
@biomedlp
www.biomelp.xpg.com.br

Anônimo disse...

é coisa básica, mas pq a acp = 1, tomando como referencia para isso a aceleração gravitacional de 10 m/s² ?

Tio Ivys disse...

Anônimo,
no texto da questão, observe que é dito que "... considerando que uma aceleração confortável é 0,1g ..."

ou seja, 0,1 x 10 = 1 , ok?

Quaisquer dúvidas são bem vindas.
Sempre pergunte.

Grande abraço.